PSDB tentará criar CPI para investigar Palocci

O PSDB vai propor a criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar "suposto tráfico de influência" do ministro-chefe da Casa Civil, Antonio Palocci. A iniciativa foi anunciada nesta sexta (20) pelos líderes do partido na Câmara, deputado Duarte Nogueira (SP); e no Senado, Alvaro Dias (PR). A proposta é de uma CPI mista, e a coleta de assinaturas começará na próxima semana.

Para que a CPI saia do papel é necessário colher assinaturas de 171 deputados e 27 senadores. Esta é a iniciativa mais forte do PSDB contra Palocci, pois até agora o partido tinha sido cauteloso. Após a revelação de que Palocci aumentou seu patrimônio em 20 vezes nos últimos quatro anos, ele está no centro da primeira turbulência política do governo Dilma Rousseff.

O jornal O Estado de S.Paulo afirma, na edição desta sexta-feira que em documento que deve ser enviado hoje à Procuradoria-Geral da República (PGR), "Palocci informa que trabalhou para pelo menos 20 empresas, incluindo bancos, montadoras e indústrias e que boa parte dos pagamentos foi concentrada entre novembro e dezembro do ano passado, quando anunciou aos clientes que não mais atuaria no ramo de consultoria".

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Acidente na estrada de Vermelho em Lagoa Grande deixa um morto e outro em estado grave

Líder do assalto ao Banco Central de Fortaleza foge da prisão

Série: População lagoagrandense em maus lençóis