Lobão confirma usina nuclear em Itacuruba. Eduardo Campos vence queda de braço com Jacques Wagner, da Bahia

Foto da Internet
Vejam abaixo o que saiu no Relatório Reservado, que trata de negócios e finanças, a partir do Rio de Janeiro

Já está decidido - a quarta usina nuclear a ser construída no Brasil ficará localizada na localidade nas imediações da cidade de Belém do São Francisco, no município de Itacuruba, distante 470 km de Recife.

O ministro das Minas e Enegia, Edison Lobão, já comunicou ao governador Eduardo Campos a decisão do Conselho Nacional de Política Energética.

A nova usina geradora terá 6 reatores com capacidade de gerar 6.600 megawatts, custará R$ 10 bilhões, devendo entrar em produção em 2020 se as obras forem iniciadas em 2015.

O assunto, que ganhou ares de tabu depois do desastre nuclear no Japão, terá, agora, que ir à pauta até mesmo dos políticos que se esquivam de expor-se ante a temor da sociedade pernambucana.

A maioria dos nordestinos já se manifestou, através de vários meios de comunicação, quanto à implantação da usina, e não se mostro favorável à escolha da região para implantar a usina nuclear.

Na Bahia, o governador Jaques Wagner, que, além de Eduardo Campos(governador de Pernambuco) e Marcelo Deda (governador de Sergipe) lutava para que a implantação da usina nuclear fosse do lado baiano do rio São Francisco, ainda não comentou a decisão.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Acidente na estrada de Vermelho em Lagoa Grande deixa um morto e outro em estado grave

Líder do assalto ao Banco Central de Fortaleza foge da prisão

Série: População lagoagrandense em maus lençóis