Líder do assalto ao Banco Central de Fortaleza foge da prisão

Um dos líderes do assalto ao Banco Central, de Fortaleza, Marcos Rogério Machado de Morais, vulgo "Cabeção" ou "Bocão", conseguiu fugir do Instituto Penal Professor Olavo Oliveira 2 (IPPOO 2), Ele e outros oito presos foram resgatados, no início da tarde de hoje, 5. A operação deixou dois feridos: um sargento e um agente penitenciário.

O presídio foi invadido por um grupo armado. De acordo coma polícia cearense, o objetivo principal era libertar Alex Sousa Ribeiro, vulgo "Alex Gardenal". Houve troca de tiros entre os invasores e a segurança do presídio. Um sargento da PM foi atingido de raspão no braço, e o agente penitenciário com uma coronhada na cabeça.

Marcos Rogério havia sido preso em agosto de 2007, em São Paulo. O assalto ao BC de Fortaleza ocorreu em agosto de 2005. Até hoje é considerado a maior ação contra bancos no Brasil. Usando um túnel, os ladrões conseguiram levar R$ 164,7 milhões sem serem notados. Até hoje a polícia não conseguiu recuperar a maior parte do dinheiro.

Comentários

  1. na verdade nao existe crime perfeito,mas esse ai foi quase perfeito ja q a maior parte nao foi recuperada

    ResponderExcluir
  2. sou leigo com relaçao a investigaçoes mas posso falar que com certeza muita gente grande esta envolvido por tras desses bandidos por issso nao foi encontrado todo o dinheiro,tem mais me lembro que na epoca do assalto deve ate sequestro de supostos familiares de membros envolvidos no assalto e o mais engraçado se e´ que posso disse assim,que os sequestradores eram policiais civis de sao paulo,que vergonha para esse ladroes fardados,so para deixa bem claro nao estou generalizando a categoria,tenho muito respeito pelo trabalho da policia indenpendente de qual estado for

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Acidente na estrada de Vermelho em Lagoa Grande deixa um morto e outro em estado grave

Série: População lagoagrandense em maus lençóis